Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Projeto de aluno do Câmpus Barretos do IFSP concorre a prêmio do CNPq

Publicado: Quarta, 11 de Abril de 2018, 15h27 | Última atualização em Quarta, 11 de Abril de 2018, 15h28

Um projeto piloto encabeçado por um aluno do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, do Câmpus Barretos, está concorrendo ao 15º Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica - 2016/2017, promovido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
A equipe envolvida na pesquisa é multidisciplinar e interinstitucional. Além do bolsista Artur Kenzo Dezott, fazem parte do projeto: o orientador, professor Alexandre Moraes Cardoso, de Agronomia, o professor João Paulo Lemos, de Informática, o técnico administrativo em educação Lucas Exposto Soares e o professor Douglas H. B. Maccagnan, da Universidade Estadual de Goiás.
Os pesquisadores conseguiram desenvolver um software capaz de decodificar sinais acústicos emitidos por insetos-praga durante sua comunicação. O objetivo é identificá-los e prospectar possibilidades de manejo como forma de aumentar os índices de produtividade dos cultivos agrícolas.
O projeto utilizou como modelo a emissão de sons vindos da ocorrência de espécies de cigarras em agroecossistema cafeeiro. Os resultados obtidos permitiram concluir que o software desenvolvido, a partir de uma rede neural, é capaz de captar tais sinais, decodificá-los para formato WAVE/WAV e identificar a espécie de cigarra emissora. A equipe acredita que o dispositivo pode contribuir para o Manejo Integrado de Pragas (MIP) de várias outras espécies de insetos, de seus agentes de controle biológico, bem como auxiliar estudos envolvendo outras espécies de animais.
O bolsista Artur Kenzo afirmou que a maior contribuição do projeto é que ele ajuda a consolidar uma área interdisciplinar, envolvendo Informática, Agronomia e Ciências Biológicas, além de a abrir novas linhas de pesquisas. Esta foi a primeira pesquisa da qual o estudante participou e ele afirmou estar honrado e feliz por ter sido indicado ao prêmio do CNPq através desse trabalho, que o possibilitou conhecer pessoas e ter novas oportunidades.
O professor Alexandre Moraes Cardoso, acredita que o exemplo de Artur incentivará outros alunos a se envolverem em futuros projetos.
O resultado será divulgado pelo CNPq até 18 de maio de 2018, no endereço: www.destaqueict.cnpq.br. A cerimônia de entrega do Prêmio será realizada durante a 70ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em julho de 2018.

registrado em:
Fim do conteúdo da página