Ir direto para menu de acessibilidade.

GTranslate

ptenfrdeitrues

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

Campus Barretos é bicampeão da Maratona de programação InterIF

Publicado: Quarta, 04 de Novembro de 2020, 16h07 | Última atualização em Quarta, 04 de Novembro de 2020, 16h07

InterIF

Os alunos do 3º ano do curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas venceram a III Maratona de Programação InterIF. O evento é realizado desde 2018 por professores dos campi IFSP, que se reúnem anualmente para promover uma competição nos moldes da Maratona de Programação da Sociedade Brasileira de Computação (SBC).

Neste ano, por conta da pandemia do Covid-19, o evento foi realizado em modo on-line em fase única, na qual os participantes se reuniram virtualmente para competir. A III Maratona de Programação InterIF foi realizada no dia 31 de outubro de 2020 e teve duração de 3 horas. Participaram da competição 54 equipes, distribuídas por 15 campi: Araraquara, Birigui, Barretos, Campos do Jordão, Campinas, Catanduva, Presidente Epitácio, Piracicaba, Pirituba, São João da Boa Vista, São Carlos, Salto, São Miguel Paulista, São Paulo e Tupã.

Os alunos do campus Barretos conseguiram solucionar 10 dos 11 problemas propostos na competição, garantindo a medalha de ouro. A equipe “Sinapse” é formada pelos alunos Jefferson Dias, Caio Henrique Lemos Sampaio e Renan Silva de Oliveira, ambos estão matriculados no curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Além da equipe campeã, outras cinco equipes do campus Barretos participaram também da competição: “URIGODS”, “Low End PC”, “Yonkous”, “DevPay” e “C Diverta”. Essas também obtiveram ótimos resultados. Confira o resultado da classificação geral no arquivo abaixo:

Placar

De acordo com o professor de Informática, Jones Mendonça de Souza, que atua como coordenador do projeto de ensino da Maratona de Programação juntamente com o professor Tiago Alexandre Dócusse, essa vitória é muito significativa, pois mostra o quão importante é o trabalho realizado dentro do projeto. “Começamos o projeto no campus em 2017, realizando treinamentos, simulados, e logo no ano de 2018, quando foi realizada a primeira edição da InterIF, conseguimos a primeira medalha de ouro; neste ano nós repetimos o feito, o que nos faz concluir que o trabalho realizado no projeto tem sido fundamental para o desenvolvimento das habilidades de programação dos nossos alunos”, afirmou o professor Jones.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página