Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Auxilio aos Estudantes > Coordenadoria Sociopedagógica
Início do conteúdo da página

Coordenadoria Sociopedagógica

Publicado: Segunda, 20 de Março de 2017, 20h16 | Última atualização em Segunda, 31 de Julho de 2017, 11h24

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Instância vinculada à Direção Adjunta Educacional do câmpus, articulada por equipe multiprofissional e de ação interdisciplinar, composta por Assistente Social, Pedagogo, Psicólogo e Técnico em Assuntos Educacionais.
Entende-se por equipe multiprofissional de ação interdisciplinar a integração de profissionais de áreas diversas que trabalhem, concomitante e simultaneamente, a partir de uma articulação de seus saberes com intuito de assessorar o pleno desenvolvimento do processo educativo, orientando, acompanhando, intervindo e propondo ações que visem a promover a qualidade do processo de ensino-aprendizagem e a permanência dos estudantes do IFSP Câmpus Barretos.

Atribuições Gerais:
• Acompanhar e implementar as políticas em conjunto com a Pró-Reitoria de Ensino do IFSP e outros órgãos de regulamentação externa;
• Apresentar à comunidade escolar as ações vinculadas à Coordenadoria Sociopedagógica;
• Reunir subsídios para a construção, elaboração, utilização e reformulação do Projeto Político Pedagógico do câmpus;
• Organizar e participar de reuniões com pais;
• Elaborar documentos e relatórios conforme instruções do câmpus e da Pró-Reitoria de Ensino.

Rendimento e Evasão:
• Elaborar instrumentos de pesquisa para compreender e analisar os motivos que levem à retenção e à evasão dos estudantes em parceria com outras instâncias do IFSP;
• Propor, implantar, acompanhar e avaliar propostas de prevenção e intervenção ao baixo rendimento, retenção e à evasão escolar;
• Elaborar, implantar e acompanhar o Programa de Assistência Estudantil.

Ações:
• Propor e colaborar com ações inclusivas e adaptativas de acordo com as demandas identificadas do NAPNE; trabalhar com ações afirmativas de acordo com as demandas identificadas; elaborar ações de promoção à saúde do estudante; promover ações culturais e educativas na perspectiva da inclusão e do enfrentamento de preconceitos e valorização às diversidades; promover encontros, palestras e seminários destinados à comunidade escolar;
• Participar na elaboração e execução de projetos, em parceria com outras instâncias do IFSP, com intuito de proporcionar formação integral aos estudantes.

Estudantes:
• Desenvolver, implantar e acompanhar programas e ações de apoio pedagógico, psicológico e social junto aos estudantes;
• Propor e promover ações de acolhimento e integração do estudante e acompanhamento do processo de ensino-aprendizagem;
• Atender, orientar, encaminhar e acompanhar os estudantes e familiares no âmbito sociopsicoeducacional e sobre direitos e deveres de cidadania;
• Dialogar com as instâncias de representação estudantil como grêmios, centros acadêmicos e representantes de sala.

Docentes:
• Identificar demandas, promover propostas e ações de formação continuada para docentes e servidores que atuem na área educacional;
• Orientar o corpo docente no que se refere às necessidades dos estudantes no processo de ensino-aprendizagem;
• Contribuir na ação docente quanto aos procedimentos pedagógicos;
• Participar e contribuir nas instâncias de planejamento pedagógico;
• Realizar supervisão pedagógica;
• Acompanhar as deliberações dos conselhos consultivo e deliberativo e promover suas implementações.

Sistemática de acompanhamento aos alunos
Os encaminhamentos podem ser feitos por: docentes, por servidores, pelo próprio aluno e pela comunidade (presencialmente ou pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).
A equipe sociopedagógica, em conjunto, realizará triagem, independentemente de quem receba o encaminhamento, por meio da qual será identificado o encaminhamento interno mais adequado a ser feito (psicológico, pedagógico, social, acadêmico) ou se será realizado encaminhamento externo (rede pública).
O NSP indicará por meio de uma ficha a metodologia a ser aplicada e quais as ações a serem realizadas (entrevistas, escuta qualificada, dinâmicas, palestras, indicações de leitura, orientação, oficinas ou outras).
Depois de realizadas essas medidas, será feita uma avaliação pela equipe quanto ao êxito ou não da ação e, se for o caso, quanto às estratégias propostas para a solução da demanda.
Além disso, todos os encaminhamentos feitos por membros externos ao sociopedagógico serão respondidos ao solicitante de acordo com a necessidade do caso, podendo se estender ao prazo máximo de dois meses, constando de breve relatório e indicação de possíveis estratégias quando as ações do sociopedagógico não obtiverem êxito na solução da demanda.

Fim do conteúdo da página